Notícias

24/08/2020

Região de Piracicaba continua na fase amarela do Plano São Paulo

Anúncio foi feito no dia 21 pelo Estado; medida garante funcionamento de atividades não essenciais como comércio, salões de beleza, restaurantes, bares e academias, desde que seguidos protocolos

A região de Piracicaba continua na fase amarela do Plano São Paulo, anunciou o governo do Estado nesta sexta-feira, 21. Com a decisão, os 26 municípios que integram o Departamento Regional de Saúde (DRS), entre eles São Pedro,  podem manter abertos os comércios não essenciais, o que inclui salões de beleza, academias, bares e restaurantes, desde que seguidos os protocolos sanitários.

Em São Pedro, as medidas vão seguir orientação do decreto estadual, que estendeu de 6 para 8 horas o funcionamento destas atividades nas regiões classificadas como fase amarela. O limite para o funcionamento de bares e restaurantes é 22h.

Os responsáveis pelos estabelecimentos podem optar pela jornada de trabalho contínua, de oito horas interruptas, ou fracionada.

PROTOCOLOS – O funcionamento das atividades está permitido, mas é preciso seguir vários protocolos, que podem ser consultados em

( https://www.saopedro.sp.gov.br/arquivos)

O Plano São Paulo estabelece que na fase amarela são permitidos funcionamento de shoppings e galerias, com capacidade de 40% e pelo período de 8 horas, com praças de alimentação ao ar livre ou áreas arejadas; para o comércio em geral, a capacidade também é de 40%, índice que vale também para os serviços

Em restaurantes, bares e similares, o funcionamento é permitido somente ao ar livre ou áreas arejadas, com capacidade de 40% e horário reduzido (8 horas). Também os salões de beleza e barbearias podem abrir desde que com capacidade de 40%.

Para as academias, a orientação é que a os estabelecimentos atendam apenas 30% da capacidade,  atendimento com hora marcada, permissão de aulas e práticas individuais; aulas e práticas em grupo continuam suspensas.

Há ainda orientação sobre eventos e convenções, que somente serão permitidos após 28 dias de classificação na fase amarela, com capacidade de 40%, horário reduzido, venda apenas online e controle de acesso com lugares marcados, além de proibição de atividades com o público em pé. Outras atividades que geram aglomerações estão proibidas.

Autoria: Prefeitura de São Pedro

 

Voltar


Links Úteis