Notícias

06/02/2020

ACSP: Vendas do comércio paulistano crescem 3,4% em janeiro

O destaque foram as vendas à vista, que avançaram 6,1% na comparação com janeiro de 2019

O movimento das vendas na cidade de São Paulo cresceu 3,4% em janeiro, na comparação com igual mês de 2019. Os dados são da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Quanto ao comportamento de consumo, o que se observou foi uma procura maior por itens de preços menores, uma vez que as vendas à vista se destacaram, com alta de 6,1% em igual comparação.

As vendas a prazo, que costumam envolver itens de maior valor, entre outros itens de maior valor, cresceram menos em janeiro, com alta de 0,7%.

Vale explicar que a média entre as vendas à vista e a prazo resulta na alta de 3,4% obtida no mês passado.

Na comparação com dezembro de 2019, a média das vendas de janeiro recuou 38%. Esse resultado, segundo Emilio Alfieri, economista da ACSP, é normal uma vez que no final do ano o comércio costuma estar bem mais aquecido que no início de ano.

No acumulado dos últimos 12 meses, terminados em janeiro, o comércio da cidade de São Paulo registra alta 2,7%.

“O varejo paulistano irá continuar nesse ritmo modesto de crescimento até que algum fator macroeconômico interfira positivamente. A reforma fiscal, por exemplo, contribuiria para baixar mais os juros, o que ajudaria as vendas”, diz Alfieri.

O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal da ACSP com base em amostra da Boa Vista SCPC.

Sobre a ACSP: A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 124 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.

Texto: Assessoria de Imprensa / ACSP                                                  

acsp.com.br

 

Voltar


Links Úteis