Dólar: R$ 5,210
Euro: R$ 5,819
Atualizado: 21h25

Notícias

10/01/2020

São Pedro terá investimento de R$ 114,6 milhões em obras e ações em 2020

Números foram apresentados na última quinta-feira, 09, pelo prefeito Helinho Zanatta em coletiva de imprensa

São Pedro vai receber R$ 114,6 milhões em investimentos em 2020, apenas em obras e ações públicas. Os números anunciados em coletiva de imprensa pelo prefeito Helinho Zanatta na quinta-feira, 9, atendem as áreas de saúde, educação, obras e infraestrutura, saneamento, turismo, cultura, esportes e lazer. Várias das iniciativas estão previstas na Agenda 2025, ferramenta de planejamento estratégico desenvolvida pela administração municipal com previsão de ações a curto, médio e longo prazo.

“São boas novas a favor de São Pedro”, disse o prefeito a jornalistas e convidados, como os vereadores, representantes de vários setores e colaboradores da Prefeitura. Logo após a coletiva, o prefeito assinou, com o gerente regional da Caixa, Silvio Scaff, gerente da Executiva de Governo em Piracicaba, Márcio Antonio de Paula Capato e a representante da Caixa Ana Cristina Bazanelli, 6 contratos que vão garantir R$ 9 milhões para obras de pavimentação, guias, sarjetas e calçadas nos bairros Floresta Escura I e II, Prainha e Vertentes das Águas.

Os valores referem-se a 49 obras ou ações e incluem recursos de convênios com a União, Estado e os do próprio município. Na lista de obras que serão realizadas ao longo do ano estão ampliação de escola, como é o caso da Emeb Joaquim Norberto de Toledo, que vai ganhar vagas para o ensino fundamental, início das atividades das Emebs Sebastiana Giocondo Peres, destinada à Educação Infantil e Professora Gentila Frare, ao ensino fundamental, ambas no Residencial São Pedro;  conclusão das Unidades Básicas de Saúde nos bairros Residencial São Pedro e Chácaras Primavera; revitalização de alas e do Pronto Atendimento e adequação da sala para tomografia no Hospital Beneficente São Lucas, a Santa Casa de São Pedro; pavimentação, guias, sarjetas em vários pontos, iluminação pública, conclusão da pavimentação da estrada São Pedro-Torrinha, recapeamento em vários pontos, implantação de sinalização turística.

Na área de saneamento, destaque para a conclusão da 2ª etapa da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Samambaia e da reforma da ETE do bairro Horto Florestal, além de troca de rede de água, setorização e instalação de válvula redutora de pressão, implantação da automatização na Estação de Tratamento de Água.

Outra obra a ser realizada pelo Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro) de grande alcance social é a execução das tubulações de saneamento de água e esgoto e instalação de caixa padrão em todas as casas do Nova São Dimas II.

Também com grande alcance social e na área de infraestrutura, uma das  obras que vai receber mais recursos neste pacote anunciado é a de contenção da voçoroca do bairro São Dimas, ação realizada com recursos próprios. A estimativa para a obra que será licitada é de R$ 6,8 milhões. Para esta área também estão previstas melhorias como iluminação pública e pavimentação. São ações reivindicadas pela comunidade há mais de 30 anos.

EQUIPAMENTOS E MELHORIAS – Além das obras físicas, o pacote de investimentos prevê também aquisição de equipamentos e melhorias em diversas áreas. Na Educação, por exemplo, serão implantados aplicativos de professores e pais ou responsáveis pelos alunos em toda a rede municipal de ensino. Os softwares serão usados pelos professores para registrar frequência dos alunos, envio de notificações e comunicados. Os pais vão receber notificações em caso de ausência dos alunos, comunicados enviados pelos professores e poderão visualizar, em smartphones, notas e frequência dos estudantes.

Há ainda valores previstos para o Programa Educação Conectada, visando a melhoria da velocidade da internet nas unidades escolares; compra de material didático, material pedagógico e brinquedos  e mobiliários e utensílios.

SAÚDE – Na saúde, os investimentos atendem obras físicas, como as duas UBSs que estão em construção e complementam as ações de descentralização da atenção básica de saúde e grande volume de investimentos destinados a recurso para toda a rede municipal, tanto na atenção básica como na especializada. Neste item estão equipamentos de ponta, como o tomógrafo de 32 canais que será instalado no Hospital São Lucas, aparelhos usados para exames oftalmológicos, neurológicos e outros da atenção básica e especializada. Entre equipamentos, incluídos os do hospital, e veículos, os investimentos somam R$ 3 milhões.

Outros importantes reforços financeiros para 2020 na saúde são a habilitação do Caps (Centro de Atenção Psicossocial), que vai garantir R$ 340 mil ao ano para esta unidade de saúde; R$ 5 milhões do MAC, R$ 900 mil do PAB fixo e outros R$ 1,1 milhão do PAB variável. Esses são recursos repassados pelo Ministério da Saúde para ações de média e alta complexidade e para a atenção básica.  O investimento total previsto para a saúde é de R$ 16,2 milhões.

SANEAMENTO –  No saneamento, o destaque é a conclusão do segundo módulo da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Samambaia e da ampliação da ETE do Horto Florestal, obras que  vão garantir o tratamento de todo o esgoto da área urbana de São Pedro. Há também obras previstas para a rede de água, que vai receber grandes investimentos para a troca de tubulações antigas, setorização e válvula redutora de pressão, além de automatização da Estação de Tratamento de Água, totalizando investimento de R$ 29,2 milhões.

INFRAESTRUTURA – Instalação de galerias pluviais  nos bairros Santana e Nova São Dimas,  pavimentação, guias, sarjetas e calçadas nos bairros Santana, Vale do Sol, Nova Aurora, Floresta Escura I e II, Prainha, Vertentes das  Águas, Chácaras Primavera, pavimentação da São Pedro – Torrinha, recapeamento da Estrada Bráulio Bernardes e de ruas em vários pontos da cidade, iluminação pública em bairros como Nova São Pedro I, Prainha, Vista Alegre e outros, sinalização horizontal, vertical e semafórica e construção de galpão para transbordo de lixo, totalizando R$ 49,9 milhões em investimentos, são as obras programadas para a área de infraestrutura.

Outro destaque desta área é o prolongamento da avenida Imigrantes, obra que vai estimular um novo vetor de desenvolvimento na cidade ao oferecer uma rota alternativa entre os bairros Vale do Sol e Nova São Pedro, nas proximidades do Bordadão. O uso deste vazio urbano melhora as condições de mobilidade e estimula o desenvolvimento turístico. A via terá 1,6 km em cada sentido. É a obra programada que deve receber maior volume de recursos: R$ 8 milhões aproximadamente.

TURISMO – Para a área de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, os destaques são o Espaço Gastronômico, Centro de Eventos, realizado em 3 fases,  Espaço Artístico,  reformas do Ginásio Municipal Antonio Carlos Siloto Filho, o Bordadão; do Estádio Ferrúcio Feltrin, o São Pedrão; implantação da sinalização turística, revitalização do playground do Parque Maria Angélica, totalizando R$ 8,4 milhões em investimento.

CIDADES DIGITAIS – Na lista de investimentos programados há também ações como o início do programa Cidades Digitais, que vai garantir ampliação da rede de fibra óptica em 12 km para alguns prédios públicos e o funcionamento de wi-fi gratuito nas praças da Matriz, Gustavo Teixeira e Adolpho Bonifácio Bragaia, a praça do Fórum, troca de servidores centrais, ampliação da cobertura da Central de Monitoramento, com investimentos que somam R$ 2,2 milhões.

DESTAQUE – “Na nossa regional, que fica em Piracicaba, São Pedro é destaque pelo volume de investimentos”, disse o gerente regional da Caixa, Silvio Scaff, que destacou também a gestão do município. “Tem sido de grande relevância para a região e por isso parabenizo prefeito e secretários”, afirmou.

 

Melhorias no São Dimas representam investimento de R$ 9 milhões  

2020 tem tudo para ser um ano marcante para moradores do Nova São Dimas. Estão previstas para o local importantes obras de infraestrutura, como instalação de rede de água e esgoto, galerias pluviais, energia elétrica regularizada e pavimentação.

A ação é resultado de um trabalho conjunto entre as secretarias de Obras, Governo, Saúde e Desenvolvimento Social, Saaesp e a CPFL Paulista, com o objetivo de regularizar a situação do bairro e oferecer qualidade de vida à população.

Um dos pontos altos deste trabalho de reurbanização aconteceu em fevereiro de 2019, quando 143 famílias no Nova São Dimas I receberam títulos de posse de suas moradias. O documento, que representa a concretização de um antigo sonho de moradores do local, é uma espécie de “certidão de nascimento” dos imóveis e abriu caminho para outras melhorias.

Outra medida bastante aguardada é uma solução para um problema antigo na cidade, a voçoroca. Os grandes buracos de erosão causados pela chuva e intempéries, em solos onde a vegetação é escassa e não tem mais proteção, provocou fendas de até 60 metros de profundidade e já foi motivo de vários estudos.

Uma empresa foi contratada para realização de um projeto executivo que realizou, entre outros estudos, levantamento planialtimétrico da área com Vant (Veículo aéreo não tripulado), sondagem de reconhecimento de solo; geologia e geotecnia; estudo hidrológico, detalhamento da solução e método construtivo; licenças ambientais e projeto de reflorestamento, cartas e memoriais. A obra foi orçada em R$ 6,8 milhões e será realizada com recursos municipais após licitação.

Entre as medidas planejadas para solucionar o problema estão o plantio de 250 mil mudas de capim Vetiver e 13.420 mudas de eucalipto, além de implantação do modelo de escada hidráulica, para dissipar a energia do volume das águas. Algumas ações já foram realizadas, como construção de galerias pluviais  e caixas de drenagem em áreas no entorno da erosão.

 

Assessoria de Imprensa/ Prefeitura de São Pedro

Voltar


Links Úteis