Busca por

Notícias

08/08/2014

Dia dos Pais aquece comércio de São Pedro

Com cartazes espalhados pela cidade desde o dia 21 de julho, com uma simpática foto de um pai de mãos dadas com o filho pequeno, a ACISP já está chamando a atenção para a chegada do Dia dos Pais, que este ano acontece em 10 de agosto, segundo Domingo do mês. 

Em levantamento feito pela ACISP junto às instituições que acompanham a economia, apontam um crescimento do setor varejista no Brasil de 2% a 3% em 2014 em relação ao mesmo período de 2013, crescimento esse que já começou em julho com uma recuperação do setor e que deve seguir positivo nesse mês de agosto devido ao Dia dos Pais.

O Sincomércio de Piracicaba (que atende também a São Pedro) é mais otimista ainda, e prevê um aumento de 5% no volume médio de vendas para a data. A data do Dia dos Pais é considerada a segunda melhor para o comércio no segundo semestre, perdendo apenas para o Natal. Além disso, neste ano, há a liberação do dinheiro do PIS e do FGTS, dinheiro esse que pode ser utilizado também no comércio.

As atividades mais impactadas pelo Dia dos Pais, com elevação das vendas em relação a outras épocas do ano, além de vestuário, são também a de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação, mostrando que o perfil do consumidor masculino mudou. O sindicato prevê que o custo médio dos presentes deverá ficar entre R$ 50 e R$ 150.

A ACISP também auxilia no aquecimento do comércio. Tanto que lançou a Campanha Compra Premiada que engloba a data do Dia dos Pais visando uma maior compra pelos consumidores incentivados pelos prêmios que podem ganhar. Além disso, a ACISP está sempre à disposição no auxílio aos lojistas, dando orientações, referente a horários, a consultas de situações cadastrais dos clientes, regularizando e parcelando dívidas de consumidores com nossos associados, entre outros benefícios, incluindo aos sábados, dia de maior movimento.

E vale lembrar que, referente a essa data específica, o Sincomércio de Piracicaba informa que o comércio de São Pedro (SP) está autorizado a funcionar na sexta-feira (8) das 8 às 22 horas, e no sábado (9) das 9 às 18 horas de acordo com a Convenção Coletiva deste ano.

“A procura por presentes já começou. Mas sabemos que essa procura aumenta mais próxima da data. Os itens mais buscados são roupas, calçados, carteiras, cintos e até roupas íntimas masculinas. Para nós, costuma ser a segunda data mais forte, depois do Natal”, informou Luciane Losso Sepúlvida, sócia-proprietária da Losso Magazine, loja de departamentos de São Pedro.

Apesar do cenário de vendas para o comércio varejista ser desfavorável, com um mercado de trabalho desaquecido, a confiança do consumidor num patamar moderado, o aumento da taxa básica de juros, e inflação média, os lojistas acreditam que as previsões acima se concretizem. O frio ainda permanece e isso pode contribuir na venda de produtos de Inverno para essa data, pois as lojas já estão liquidando seus estoques.

Falando em termos de Brasil, de acordo com pesquisa nacional Fecomércio RJ/Ipsos, o Dia dos Pais deve injetar uma receita de R$ 5,3 bilhões no comércio do país. O levantamento revela que 31,2% dos brasileiros têm a intenção de presentear alguém na data, equivalente a cerca de 45,2 milhões de brasileiros.

Voltar

Publicidade

Newsletter

Fanpage